Enfermeiro morre vítima de agressão no Hospital Dr Ayres de Menezes.

Partilhar é ajudar!

[Total: 1   Average: 5/5]

Cristiano Pedroso, de 58 anos de idade dedicou 38 anos ao serviço do sistema nacional de saúde de São Tomé e Príncipe, morre vítima de agressão em pleno hospital.

Depois  da  manifestação  dos  enfermeiros  devido  agressão  ao seu colega ,  a direcção do Hospital Dr. Ayres de Menezes, vai  empreender mudanças  drásticas  no  sistema  de  segurança.

Esta quarta-feira, 23 de Setembro, a direcção do hospital reuniu-se com o primeiro-ministro Jorge  Bom Jesus, para falar do recente caso da morte do enfermeiro e sobre as mudanças que precisam ser feitas nesta instituição.

As mudanças vão passar pela contratação  de uma empresa privada para garantir a segurança do hospital e dos seus profissionais.

O enfermeiro de 58 anos, foi alvo de golpes de boxe no peito e também na zona craniana, tendo provocado ferimentos na zona ocular. Segundo os enfermeiros, o agressor teria estado sob efeito de droga.

Além da presença de segurança privada, haverá limitações na entrada de pessoas no hospital, afirmou Américo Pintodirector-gral do hospital Dr. Ayres de Menezes

Fonte: RFI , Tela non

Partilhar é ajudar!