Requalificação do Hospital: São os mesmos 17 milhões que levaram a prisão o Dr Américo Ramos?

Partilhar é ajudar!

[Total: 1   Average: 5/5]

OBRAS DE REQUALIFICAÇÃO DO HOSPITAL DR AYRES DE MENEZES FINANCIADA COM 17 MILHÕES DE DÓLARES PELO KOWEIT ARRANCA EM DEZEMBRO.

No Ano passado o DR Américo Ramos, Ex Ministro das Finanças de São Tomé e Príncipe foi preso por 6 meses por supostamente ter desviado estes 17 milhões.

Nós o mecanismo já tínhamos noticiado que o Dr Américo Ramos era inocente e que seria uma jogada do partido no poder para enfraquecer a oposição.

Passados um ano, eis que apareceram os 17 milhões para novamente financiar a requalificação do hospital.

As obras de requalificação do Hospital Aires de Menezes, principal centro hospitalar de São Tomé e Príncipe, financiadas pelo Fundo Soberano do Kuwait, deverão arrancar em dezembro deste ano, garantiu esta quinta-feira, 20 de Agosto, o ministro da Saúde, Edgar Neves no fim de um encontro de trabalho do comité Nacional criado pelo Governo que está em negociações adiantadas com as autoridades do Kuwait.”O encontro foi para se saber aquilo que já se desenvolveu, o levantamento feito em coordenação com as autoridades do fundo do Kuwait.

Atualizámos os termos de referência que já foram enviadas para este país e extinguimos o prazo inicial de execução do projeto e alongá-mos para 2024″, garantiu o ministro da Saúde.

De acordo com o ministro da Saúde, foi criada um “comité de unidade de implementação” do projeto com competência de, a partir deste momento, “dialogar directamente com as autoridades de Kuwait”.”O que se pretende é muita transparência neste processo e que o mais rapidamente possível todo o processo seja retomado de forma célere, respeitando os prazos, para que tudo se desenvolva de forma tranquila, normal e em segurança”, referiu o ministro.

Partilhar é ajudar!