Governo pede ajuda a Portugal para isenção de visto na União Europeia

Partilhar é ajudar!

[Total: 1   Average: 5/5]






São Tomé e Príncipe conta com o apoio de Portugal para estudar com a União Europeia (UE) a viabilidade de um acordo de isenção de vistos para circulação de cidadãos são-tomenses no espaço Schengen.

O Governo são-tomense pediu apoio institucional e diplomático a Portugal, na tentativa de estabelecer com a UE um regime especial de isenção de vistos de curta duração, à semelhança dos expedientes em curso encetados por Cabo Verde junto do Executivo de Lisboa. De acordo com a chefe da diplomacia são-tomense, Elsa Pinto, Portugal prontificou-se a ajudar São Tomé e Príncipe.

Entretanto, está prevista para breve a ratificação de um acordo de imigração laboral com o Governo português, que vai oferecer aos cidadãos são-tomenses a oportunidade de trabalho sazonal em Portugal. A proposta, segundo Elsa Pinto, “foi muito bem aceite pela parte portuguesa” e Portugal não se opõe à celebração deste acordo no “âmbito do trabalho, de imigração temporária”.




A ideia partiu da Associação da Comunidade São-tomense em Portugal (ACOSP), por intermédio do seu presidente, António Cádio. “Nós temos, em São Tomé e Príncipe, um manancial de mão-de-obra e sabemos também que Portugal tem falta dessa mão-de-obra, sobretudo em alguns serviços”, lembra.

Notícia avançada pelo jornal DW

Partilhar é ajudar!