Governo de Ruanda Fechou mais de 700 Igrejas só na Capital Kigali

Partilhar é ajudar!

[Total: 1   Average: 5/5]




No Ruanda, pelo menos 714 igrejas foram encerradas na capital Kigali. A medida, que afeta principalmente as igrejas Pentecostais, foi executada pelas Forças de Segurança, funcionários do Governo e da administração municipal.

Os estabelecimentos foram inspecionados e fechados sob a alegação de não apresentarem padrões de segurança e higiene mínimos.

Para uma cidadã ruandesa, que preferiu não se identificar, a decisão do Governo foi acertada. “Finalmente as autoridades fizeram algo. Eu sou pentecostal, mas desejava isso há muito tempo, porque muitos de nossos pastores são criminosos. Eles criam igrejas apenas para ganhar dinheiro”.




“As igrejas não cumprem os padrões de higiene e espaço”, disse Shyaka Anastase, funcionária da administração ruandesa, acrescentando que em “alguns locais as igrejas reúnem centenas de fiéis, mas não têm sequer saneamento, e as pessoas rezam em barracas ou até mesmo porões”.

De acordo com outro cidadão ruandês, “os pastores violam os direitos de seus fiéis, sufocando-os nessas pequenas igrejas sem espaço”.

Notícia divulgada por DW

Partilhar é ajudar!