A Igreja Universal Tem 8 dias para Fazer Regressar o Pastor Santomense

Partilhar é ajudar!

[Total: 1   Average: 5/5]




A Comissão Parlamentar considerou que a igreja tem toda a responsabilidade de trazer de volta o cidadão Uidimilo Veloso que está preso na Costa de Marfim.

Os deputados lançaram um ultimato.  Exigem que o pastor Uidimilo Veloso, esteja no país dentro de 7 dias. «Ao nível da comissão nós demos um prazo de oito dias(declaração do dia 8 de Outubro) para que ele(o pastor) esteja no país», disse Alda Ramos.




O Bispo da IURD em São Tomé e Príncipe, Ranger da Silva manifestou dúvidas quando a possibilidade de colocar o pastor Uidimilo em São Tomé já na próxima semana, tendo em conta que o mesmo está sob custódia da justiça costamarfinense. «Foi um crime cibernético que levou o pastor Uidimilo Veloso a prisão».

Os deputados da comissão especializada, acusam a IURD em São Tomé e Príncipe, de ter violado os direitos humanos do pastor Uidimilo Veloso. «Nós entendemos que a Igreja Universal violou o direito humano, tendo em conta que o cidadão foi condenado a um ano de prisão e nem sequer teve direito a um advogado. Isso não é possível, é uma violação do direito humano», pontuou a porta voz da comissão parlamentar.

Notícia original na Tela Nón

Partilhar é ajudar!