EDP vai investir em duas centrais elétricas na ilha do Príncipe

Partilhar é ajudar!

[Total: 1   Average: 5/5]




O objetivo é, “numa primeira fase, a construção de uma central solar e numa segunda, uma míni-hídrica aproveitando os recursos hídricos que existem na ilha”, disse à Lusa o diretor das relações internacionais da EDP, Guilherme Pereira.

Uma missão das Energias de Portugal reuniu-se no final da tarde de sexta-feira com vários membros do governo, representantes de várias instituições incluindo as empresas são-tomense de Água e Eletricidade (Emae) e a Agência Geral de Regulação (Ager) para analisar o projeto.




“Foi uma reunião muito agradável em que o senhor primeiro-ministro [Jorge Bom Jesus] está a promover um diálogo franco porque nós estamos disponíveis para ajudar e para investir nesse projeto”, disse o responsável que se “disponibiliza em levar o acesso a eletricidade a toda a população e obviamente aos negócios e novos negócios, que se vão instalar na Região Autónoma do Príncipe”.

De acordo com esse responsável, o projeto da EDP para a construção destas duas centrais na ilha do Príncipe faz parte de um acordo de desenvolvimento conjunto já celebrado com o governo do ex-primeiro-ministro Patrice Trovoada, que não avançou.

“Realmente tem sido um pouco difícil o diálogo”, lamentou Guilherme Pereira: “As pessoas também mudaram dentro das entidades, das estruturas, mas estamos num bom caminho “, sublinhou.




O documento que foi ratificado pelo atual governo visa “trazer uma solução limpa e sustentada com base nas energias renováveis, para a ilha do Príncipe”.

Guilherme Pereira explicou que se trata de um primeiro projeto-piloto a ser desenvolvido nesse domínio. Depois, “contamos poder vir a ser replicado também em São Tomé, onde há mais pessoas e porventura, mais necessidade de energia”.

Última Hora: Jovem que agrediu a ex-companheira é morto na posse das autoridades.
Última Hora: Jovem que agrediu a ex-companheira é morto na posse das autoridades.

Notícia em desenvolvimento.

O que o Evaristo Carvalho tem  e que todos querem?
O que o Evaristo Carvalho tem e que todos querem?

Este ano a população de São Tomé e Prí…

Médicos recusam fazer exame que comprovam a violação da menina de 5 anos em São Tomé.
Médicos recusam fazer exame que comprovam a violação da menina de 5 anos em São Tomé.

Sem um exame médico que comprove a violaç…

Notícia completa em Jornal Económico

Partilhar é ajudar!