Em 3 semanas 120 cristãos foram perseguidos e assassinados na Nigéria.

Partilhar é ajudar!

[Total: 1   Average: 5/5]




A Nigéria enfrenta uma onda de assassinatos de cristãos. Nas últimas três semanas, pelo menos 120 foram mortos. O massacre é promovido pelo grupo jihadista Fulani, considerado ainda mais letal do que as milícias de Boko Haram. A informação é do Christian Post.

A perseguição aos sobreviventes do ataque terrorista fulani do dia 11 de março de 2019 foi brutal, ao ponto de uma vítima sofrer um corte profundo e dar à luz um feto morto logo em seguida. Um mês antes, também em Ungwan Barde, 10 cristãos foram assassinados em um ataque terrorista fulani, apenas um dia após ataques individuais contra cristãos na mesma região que fizeram seis vítimas fatais.



Em 04 de março de 2019, três vilarejos no Estado de Benue, no mesmo país, terroristas fulanis assassinaram 23 cristãos em outro ataque. Não é à toa que a Nigéria é o 12º país na Lista Mundial da Perseguição 2019, mal começou o ano, após ter fechado 2018 com milhares de assassinatos de cristãos no país.

Partilhar é ajudar!