Empresa Portuguesa vai investir 18 milhões de euros na produção de Frangos em São Tomé e Principe.

Partilhar é ajudar!

[Total: 1   Average: 5/5]

“A partir do momento em que tivermos luz verde do governo, daqui há dois anos vamos começar a comer frangos produzidos em São Tomé e Príncipe”, disse Pedro Garcia, diretor do Sistema Técnico do Comércio (STC), sociedade criada na capital são-tomense pela Biaut.






Pedro Garcia esteve este fim de semana na capital são-tomense onde se encontrou com o secretário de Estado do Comércio, Eugénio Graça, e com o primeiro-ministro, Jorge Bom Jesus.

“Também visamos a exportação, o objetivo desta unidade de produção de frango é não produzir só para a necessidade são-tomense, mas também ter uma capacidade de produção para a exportação”, prevendo uma produção anual de 1,6 milhões de frangos, disse Pedro Garcia, no final da audiência com o chefe do executivo.

“Estamos a falar de um investimento na ordem dos 18 milhões de euros em que o nosso objetivo não é só produzir alimento, mas também fazer com que a posição socioeconómica do país possa ser transformada”, explicou.



O promotor assegurou que a sua empresa já fez estudos de viabilidade do mercado são-tomense, concluindo que o investimento é rentável, começando pela produção de 25 mil frangos apenas oito semanas depois de “a empresa abrir as portas”.

“Foi feito um estudo socioeconómico e financeiro, é um projeto viável, é uma necessidade que existe em São Tomé e Príncipe”, disse.

Fonte: Jornal de negócios

Partilhar é ajudar!