MLSTP vs Miguel Trovoada (1990) & MLSTP vs Patrice Trovoada(2014), esta luta não é de hoje.

Partilhar é ajudar!

[Total: 0   Average: 0/5]

Em 2014 foi um ano de grande esperança para o povo santomense, Patrice Trovoada chagava depois do asilo de dois anos  em Portugal, sendo recebido no aeroporto por milhares de populares na esperança de ser a alternativa certa para São Tomé e Principe.

O curioso é que se olharmos para trás em 1990 o seu pai Miguel Trovoada chega também exilado em Paris e é recebido pela população como uma alternativa a partido único MLSTP liderado na altura por Emanuel Pinto da Costa, Miguel Trovoada não ganhou as legislativa, mas venceu as presidenciais com 82% dos votos. 

Outro facto interessante é que nas legislativas deste ano venceu o PCD-GR do Daniel Daio com 33 dos 55 assentos parlamentares. É incrível como  histórias em São Tomé se repetem, no ano de 2014 o ADI liderado por Patríce Trovoada vence com os mesmos 33 dos 55 assentos parlamentares, pois o povo procurava se libertar do mesmo MLSTP dos anos 90.




Em 2014 o povo estava cansado dos mesmos Costas, mesma Pinto, mesmo Martins, mesmo Posser, mesmo Branco de sempre, que nunca trabalhou para o país, apenas os interesses familiares e pessoais, foi por esse motivo que o povo escolheu Miguel Trovoada em 1991 e Patrice Trovoada em 2014.

Promessas de campanha de Jorge Bom Jesus. MLSTP / PSD Cuidado!!! 

A política santomense é uma questão familiar, se olharmos para os mesmos que lutaram para a nossa independência, o primeiro governo desde 1975, os governos desde 1990 ( instauração da república), até hoje são as mesmas caras ou os mesmos apelidos, nada mudou, os poderes passam de pai para filho, de irmão para irmã e de família para família. Este é o problema de São Tomé, enquanto não mudarmos este paradigma, vão continuar lavando roupa suja com o dinheiro do povo.

Leia abaixo a história política de São Tomé. 



Partilhar é ajudar!